Estão a decorrer as obras referentes à empreitada de “Construção do Sistema de Drenagem de Águas Residuais de Sinde”, tendo a mesma sido adjudicada à Empresa Irmãos Almeida Cabral, Lda., pelo valor de 368.594,08 €, acrescido do IVA à taxa legal em vigor.

O contrato tem por objeto principal a construção da rede de drenagem de águas residuais do lugar de Sinde, na União de Freguesias de Espariz e Sinde, e o seu encaminhamento para a rede existente. Os trabalhos compreendem, fundamentalmente, a construção de uma rede gravítica com uma extensão aproximada de 4100 metros, complementada com três estações elevatórias e respetivas condutas.

Encontram-se em fase de conclusão as obras de reconstrução de uma moradia, danificada pelos incêndios de 15 de outubro. A obra foi na totalidade comparticipada pela Federação Portuguesa de Futebol, no âmbito da campanha de angariação de fundos #TudoPorPortugal, promovida por esta entidade.

De salientar que os pressupostos da escolha da habitação a intervencionar era que a mesma tivesse sido danificada no incêndio acima referido e que não tivesse enquadramento no âmbito do Programa de Apoio à Reconstrução de Habitação Permanente, não podendo ser alvo de candidatura ao programa levado a cabo pela CCDRC.

Decorreu no passado dia 31 de agosto, no edifício da Câmara Municipal, uma reunião conjunta entre o Municipio, os Operadores Turísticos do Concelho e a Biosphere Responsible Tourism, onde foi apresentado o projeto para captação de investidores no Turismo Sustentável, com um conjunto de normas e práticas, diminuindo custos e incrementando novas práticas mais conscienciosas, com o intuito de poder ser atribuída Certificação.

Para além de ter um acordo com a UNESCO para preservação da cultura e património, a Biosphere Responsible Tourism trabalha também em parceria com a Confederação do Turismo de Portugal e com o Turismo de Portugal, IP.

 

Espetáculo “Insomnio” com casa cheia

quinta, 06 setembro 2018 00:00

O Largo do Tribunal, em Tábua, recebeu na passada sexta-feira, dia 31 de agosto, o espetáculo “Insomnio”, trabalho da Companhia Teatro do Mar, que apresentou à vasta plateia um espetáculo multidisciplinar que tem como ponto de partida o tema da insónia e, numa cama gigante, juntando teatro físico, acrobacia aérea, vídeo e música.

A apresentação de “Insomnio” surge inserida no projeto de programação patrimonial e cultural em rede “Coimbra Região de Cultura”, desenvolvido pela Comunidade Intermunicipal (CIM) da região, que envolve mais de centena e meia de iniciativas nos 19 municípios que integram a comunidade.