Diversos (178)

Localizado entre terrenos de serra (Estrela, Lousã, Buçaco e Caramulo), o que lhe confere uma cota acentuadamente planáltica, o Município de Tábua esconde uma densa rede de vales abertos por rios e ribeiros, conferindo à paisagem uma beleza ímpar e a possibilidade de visitar vários pontos de interesse.

Um desses pontos de interesse é a Aldeia e moinhos de Vale de Gaios.

Com os seus antigos moinhos de água e local de passagem do Trilhos dos Gaios, conta ainda com uma pequena zona balnear feita através de um dique nas águas do rio de Cavalos. Vale de Gaios, escondida entre as encostas, é uma aldeia com património bastante interessante, sendo suscetível de várias descobertas, da fruição das águas no verão e do pedestrianismo em qualquer altura do ano.

Ainda não conhece? A aldeia pertence à freguesia de Midões. Aproveite um dia de sol para conhecer a aldeia e os seus recantos!

GPS: 40.375759, -7.975645

O Recinto de Feiras e Eventos do Município de Tábua reabriu as suas portas ao público, no dia 21 de junho, para receber a Feira Mensal de Tábua, retomando assim esta tradicional atividade que permitiu aos feirantes retomarem a sua atividade comercial.

De salientar que, no âmbito das medidas de prevenção COVID-19, foram implementadas regras de distanciamento, desinfeção dos veículos e uso obrigatório de máscara e viseira, cumprindo assim com as regras emitidas pela DGS.

A Feira Mensal regressa no próximo dia 19 de julho de 2020.

A Comissão Municipal de Defesa da Floresta aprovou no passado dia 16 de abril, por maioria, o Plano Operacional Municipal (POM) de 2020 e enviado para o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, l.P. (lCNF, I.P.) a 19 de maio, após envio para Reunião de Câmara Municipal a 14 de maio, para conhecimento.

De salientar que o Plano Operacional Municipal (POM) de 2020 foi elaborado com os contributos da Câmara Municipal de Tábua, das Juntas de Freguesia de Carapinha, Mouronho, Póvoa de Midões e da União de Freguesias de Ázere e Covelo, do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, I.P. (ICNF, I.P.), do Destacamento Territorial da GNR da Lousã, Núcleo de Proteção Ambiental, da CAULE – Associação Florestal da Beira Serra, da EDP Distribuição – Energia, S.A., dos Bombeiros Voluntários de Tábua, dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Oliveirinha, da The Navigator Company/AFOCELCA, da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Centro (DRAPC), da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) e da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra (CIM RC).

A Comissão Municipal de Defesa da Floresta do Município de Tábua continua assim a desenvolver todos os esforços para cumprimento dos objetivos estabelecidos nas normas em vigor e ainda conscientes das dificuldades que envolvem a solução ou mitigação da matéria em causa, Defesa da Floresta contra Incêndios.

Pode consultar o Plano Operacional Municipal (POM) de 2020 através do link (http://www.cm-tabua.pt/index.php/inicio/informacao-municipal/arvore-2/florestas-e-protecao-civil/caderno-iii/7403-florestas-plano-operacional-municipal-2020/file).

Tendo em consideração as medidas em vigor face ao período de desconfinamento e dada a importância económica da Feira Mensal de Tábua, o Município irá retomar a realização da mesma a partir do dia 21 de junho de 2020, com a aplicação de medidas extraordinárias que garantam o distanciamento social, estando o seu funcionamento e acesso de pessoas limitado às restrições determinadas pela Autarquia e de acordo com as normas da DGS.

Mais se informa que, tendo em consideração as dimensões do Recinto de Feiras e Eventos do Município, poderão ali circular 160 pessoas em simultâneo, sendo obrigatório o uso de máscara e o cumprimento dos acessos de entrada e saída.

O Município reforça que o uso de viseira não substitui a obrigatoriedade do uso de máscara.

FEIRA MENSAL DE TÁBUA
Horário de abertura ao público
7h00m – 14h00m

REGRAS
- Acesso limitado a 160 pessoas em simultâneo;
- Obrigatório a desinfeção das mãos à entrada;
- Obrigatório o uso de máscaras para os clientes;
- Uso obrigatório de máscara, com ou sem viseira, para Comerciantes e Produtores Diretos;
- Circulação livre, com acesso definido de entrada e saída.

ESPAÇOS DE RESTAURAÇÃO E BEBIDAS
- Clientes terão de manter uma distância de 2 metros entre eles;
- Obrigatório o uso de máscaras para os clientes;
- Uso obrigatório máscaras, com ou sem viseira, para Comerciantes;
- Obrigatoriedade de cumprimento das Normas da DGS para o setor.