Página Principal
Conhecer Tábua
Orgãos Municipais
Assembleia Municipal
Câmara Municipal
Juntas de Freguesia
Funções dos Órgãos Autárquicos
Conselhos e Comissões Municipais
Estatuto do Direito de Oposição
Provedor do Munícipe
Informação Municipal
Avisos, Editais, Informações e Consultas Públicas
Cortes, Suspensões e Alterações de Serviços
Consultas/Concursos Públicos
Contratação Pública
Candidaturas a Fundos Comunitários
Gestão Económica e Financeira
Faturação Eletrónica
Participações do Município
Protocolos e Contratos
Regulamentos
Transparência Municipal
Sistema de Gestão da Qualidade
Gestão de Elogios, Sugestões e Reclamações
Contraordenações
Qualidade da Água
Metrologia
Arquivo Documental
Áreas de Atuação
Ação Social
Ambiente
Cultura
Rede de Equipamentos
Projetos
Eventos e Iniciativas
Plano Municipal
Desporto
Rede de Equipamentos
Oferta Desportiva
Programa de Promoção de Atividade Fisica
Eventos e Iniciativas
Educação, Formação e Empreendedorismo Jovem
Apresentação
Projeto Educativo Local
Rede Escolar
Transportes
Estruturas Locais e Municipais
Projetos Socioeducativos
Ação Social Escolar
Ementas Municipais
Emprego
Feiras e Mercados
Feiras
Mercado Municipal
Juventude
Serviço Municipal de Proteção Civil
Saúde Pública
Ordenamento do Território e Urbanismo
Informação Geral
Ordenamento do Território
Urbanismo
Obras Municipais
Cemitério Municipal
Mobilidade
Espaços e Equipamentos
Paços do Concelho
Espaços Culturais
Espaços Desportivos
Espaços Industriais
Equipamentos Ambientais
Equipamentos Escolares
Equipamentos Turísticos
Recursos Humanos
Informações Gerais
Procedimentos Concursais
Procedimentos Concursais Freguesias
SIADAP
Regularização de Vínculos Precários
Comunicação
Notícias
Publicações do Município
Boletim Municipal
Inquéritos e Votações
Redes Sociais
Investir
Apoios e Incentivos
Balcão do Empreendedor
Caracterização Socioeconómica do Concelho
Empreendedorismo
Desenvolvimento Económico e Social
Balcão Virtual
Balcão Único
Espaço Cidadão
A Minha Rua
Pedidos de Informação
Elogios, Reclamações e Sugestões
Requerer Serviços
Pedido de Limpeza de Fossa
SEF
Legislação
Formulários
Multimédia
Imagens
Vídeos
Contactos e Informações
Endereços do Município
Telefones e Faxes
Contactos Úteis
Horários de Funcionamento
E-mails dos Serviços

barracontatos

Morada
Município de Tábua
Praça da República
3420-308 | Tábua

Tel.: (+351) 235 410 340
Fax.: (+351) 235 410 349
Email:geral@cm-tabua.pt
GPS: 40.3597679, -8.0278117

 

 

 

 

 

 

linha

Mais de 500 pessoas passaram pela casa do Povo de Tábua para assistirem ao projeto transdisciplinar “Luto”, criado em residência artística em Tábua, com coordenação artística do Teatrão e cofinanciado pelo Portugal 20.20, e que tomou como ponto de partida o fogo de 15 de outubro de 2017.

Para além dos cinco intérpretes da Circolando, estiveram em cena três atores amadores locais que participaram no trabalho desenvolvido, fruto da recolha, de forma direta ou indireta, de relatos, depoimentos e histórias de quem viveu o fogo, que culminaram num espetáculo inesquecível.

De salientar que “LUTO” será apresentado em itinerância em Ourém, nos dias 27 e 28 de Julho, e em 2019 na Figueira da Foz e Fundão.

 

O Município torna público, através de Edital em anexo, que irão ser desencadeadas operações que visem a execução de ações de prevenção, controlo e erradicação de espécies exóticas invasoras em áreas integradas na Rede Natura 2000, com vista a regular os termos do ponto 11.3.2. do Aviso Poseur-15-201-22 (versão 2).

Iniciaram no mês de julho as obras referentes à empreitada de “Construção do Sistema de Drenagem de Águas Residuais de Meda de Mouros e Bogalhas e Beneficiação e Ampliação da ETAR de Pinheiro de Coja”, adjudicada à Empresa Irmãos Almeida Cabral, Lda., pelo valor de 1.093.045,86€, acrescido do IVA à taxa legal em vigor.

As obras têm por objeto a construção da rede de drenagem de águas residuais dos lugares de Meda de Mouros e Bogalhas, da União de Freguesias de Pinheiro de Coja e Meda de Mouros, e a beneficiação e ampliação de uma estação de tratamento localizada em Pinheiro de Coja. Os trabalhos compreendem fundamentalmente a construção de uma rede gravítica com uma extensão aproximada de 5400 metros, complementada com cinco estações elevatórias e respetivas condutas, bem como a beneficiação e ampliação de uma estação de tratamento de águas residuais.

1. SITUAÇÃO 

De acordo com a informação disponibilizada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), prevê-se a partir de amanhã, dia 19 de julho, uma subida gradual da temperatura máxima e a diminuição da humidade relativa, salientando-se que:

Para sábado, 20 de julho 

A humidade relativa do ar será inferior a 20% no interior centro e sul e no sotavento algarvio; 

Temperatura máxima superior a 32ºC nas regiões do sul e do interior centro e norte e entre 34 e 36ºC junto à fronteira da região centro e do Alentejo; 

Vento moderado (até 30 km/h) do quadrante oeste, sendo de norte na região sul, soprando por vezes forte (até 40 km/h) na faixa costeira a ocidental a sul do cabo Carvoeiro e nas terras altas do centro e sul, em particular durante a tarde e início da noite. 

 

Para domingo, 21 de julho 

Existirá recuperação da humidade relativa na região do litoral oeste sendo da ordem dos 20 no interior; 

Boa recuperação noturna na noite de 20 para 21, com exceção das regiões do interior, em especial da região Centro e do sotavento algarvio; 

Vento fraco a moderado (até 30 km/h) do quadrante norte, soprando por vezes forte (até 40 km/h) no litoral oeste a sul do Cabo Carvoeiro a partir da tarde e nas terras altas. 

 

Aumento gradual do risco de incêndio a partir de amanhã, com condições favoráveis à rápida propagação de incêndios, em especial nos concelhos com níveis que variam entre Elevado a Máximo, dos distritos de BEJA, BRAGANÇA, CASTELO BRANCO, ÉVORA, FARO, GUARDA, PORTALEGRE, SANTARÉM, SETÚBAL, VILA REAL e VISEU. 

 

2. EFEITOS EXPECTÁVEIS 

Em função da previsão das condições meteorológicas é expectável: 

Tempo seco com condições favoráveis à eventual ocorrência e propagação de incêndios rurais. 

 

3. MEDIDAS PREVENTIVAS 

A Autoridade Nacional de Emergência de Proteção e Civil recorda que para os locais onde o índice de risco temporal de incêndio seja MUITO ELEVADO ou MÁXIMO, não é permitido: 

A queima de matos cortados e amontoados e qualquer tipo de sobrantes de exploração, está sujeita a autorização da autarquia local, devendo esta definir o acompanhamento necessário para a sua concretização, tendo em conta o risco do período e zona em causa; 

O uso de fogareiros e grelhadores em todo o espaço rural, exceto se usados fora das zonas críticas e nos locais devidamente autorizados para o efeito;

O lançamento de balões com mecha acesa e de foguetes. O uso de fogo-de-artifício só é permitido com autorização da Câmara Municipal; 

Fumigar ou desinfetar apiários exceto se os fumigadores tiverem dispositivos de retenção de faúlhas. 

 

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil recomenda ainda a adequação dos comportamentos e atitudes face à situação de perigo de incêndio rural, nomeadamente através da adoção das necessárias medidas de prevenção e precaução, na utilização do fogo em espaços rurais, observando as restrições em vigor e tomando especial atenção à evolução do perigo de incêndio para os próximos dias, disponível junto dos sítios da internet da ANEPC e do IPMA, junto dos Gabinetes Técnicos Florestais das Câmaras Municipais e dos Corpos de Bombeiros.